Antirreflexo perfeito é inspirado em olhos de mariposas

26 de maio de 2010renata

Cientistas alemães criaram um novo revestimento antirreflexo que se aproxima da perfeição.

Produzido em nanoescala, o material garante uma visão perfeita em telas e monitores, óculos e outros sistemas ópticos, independentemente da presença de luzes incidentes de qualquer ângulo.

Questão de vida ou morte

Sistemas antirreflexivos estão largamente disponíveis, presentes em óculos, lentes de câmeras, telas e em uma infinidade de outras aplicações.

Mas nenhum deles se compara ao revestimento antirreflexo que as mariposas possuem em seus olhos multifacetados.

Tendo que caçar no escuro e, ao mesmo tempo, evitar ser caçado, o animal não pode ser traído nem pelo mínimo reflexo em seus enormes olhos.

Nanoestruturas

Isso é possível graças a minúsculas protuberâncias, menores do que o comprimento de onda da luz, que formam uma estrutura ordenada sobre a superfície dos olhos das mariposas.

Essa nanoestrutura natural cria uma transição suave entre os índices de refração do ar e a córnea, resultando em um índice de reflexão da luz praticamente igual a zero.

Os cientistas do Instituto Fraunhofer adotaram o mesmo artifício e o adaptaram para diversas aplicações.

Antirreflexo incorporado

Nos óculos, telefones celulares, ou nos painéis de carros, as superfícies transparentes somente são úteis se permitirem a visualização sem refletir a luz de volta.

Enquanto os métodos convencionais aplicam o revestimento antirreflexo em uma etapa separada, depois da produção do equipamento, os cientistas alemães descobriram uma forma de reduzir a reflexão da luz ainda durante a fabricação do componente.

O revestimento nanoestruturado é fabricado previamente, mas reveste as ferramentas de extrusão. “Quando o polímero viscoso é injetado no molde, as nanoestruturas são transferidas diretamente para o componente,” explica Burmeister.

Outra vantagem é que o revestimento incorporado é fácil de limpar e à prova de riscos.

Outro revestimento antirreflexivo de altíssimo desempenho foi criado recentemente por pesquisadores norte-americanos, embora sua aplicação não seja tão simples.

fonte: inovação tecnológica e opticanet

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Post anterior

Óculos de Gatinho

28 de abril de 2010

Próximo Post

Você sabe a diferença entre a Optometria e a Oftalmologia?

17 de junho de 2010