óculos no twitter
óculos twitter
Siga o @oculosblog, o maior Blog de Óculos do Brasil! Fique ligado nas promoções e novidades pelo Twitter! =)
Óculos de Grau
Escolha seu Estilo
Confira os modelos de óculos de grau que estão inovando esta geração! Agora óculos é moda, mais um acessório do dia a dia.
Óculos de Sol
Unindo Beleza e Saúde
Os melhores Blogs de Óculos de Sol juntos para você! Selecione a marca e conheça a moda dos modelos de óculos de sol.
Óculos
Informações Adicionais
Artigo exclusivo sobre saúde ocular para você que quer deixar de ser leigo quando o assunto for óculos!

Teste simples indica câncer nos olhos

Em 17.12.12 às 10:52

Teste simples indica câncer nos olhos
A exposição ao sol sem proteção faz crescer no verão a incidência do pterígio na população adulta, principalmente entre pessoas que trabalham ao ar livre, por causa da maior da radiação ultravioleta (UV).  De acordo com o oftalmologista Leôncio Queiroz Neto a doença tem a mesma aparência de lesões pré-malignas e cancerígenas que ocorrem na córnea e conjuntiva.

Por isso, sem um exame clínico completo e análise anatomopatológica, as lesões malignas podem ser confundidas com pterígio que é benigno. O pterígio é caracterizado por uma membrana que cobre a esclera, parte branca do olho, e cresce em direção à córnea. Queiroz Neto diz que um teste simples e barato, que pode ser feito por todo oftalmologista, determina se a lesão é maligna ou benigna. Consiste na aplicação de colírio azul de toluidina durante um exame clínico.

Ele conta que de um total de 65 pacientes, dos quais 10 apresentavam alterações pré-malignas e malignas, só 1 olho com lesão pré-maligna não teve coloração positiva da lesão com azul de toluidina, enquanto entre os portadores de pterígio todos tiveram coloração negativa.

Sintomas e fatores de risco

Os sintomas tanto do pterígio como dos tumores oculares externos são: coceira, olho vermelho, ardência, alterações no filme lacrimal, e acúmulo de lágrima nas bordas da membrana. Queiroz Neto explica que as doenças também podem induzir ao astigmatismo, dependendo do estágio de desenvolvimento, porque a membrana formada na superfície do olho exerce pressão sobre a córnea.

Além da radiação UV, outros fatores de risco que contribuem com o aparecimento de alterações malignas são: idade avançada, exposição ao diesel ou gasolina, infecções por HPV e HIV.

Tratamento

Queiroz Neto afirma que o tratamento tanto do pterígio como das lesões malignas na superfície dos olhos é a extração cirúrgica. A retirada incompleta e a manutenção de hábitos de risco fazem com que a lesão reapareça. A aplicação de colírio azul de toluidina nos exames clínicos permite o diagnóstico de recidivas logo no início.

O especialista diz que no caso de alterações malignas o tratamento também pode incluir crioterapia e uso de medicamentos quimioterápicos que além de inibir o reaparecimento, evitam complicações relacionadas à intervenção cirúrgica.

Fonte: Assessoria de Comunicação Penido Burnier

Related Posts with Thumbnails





0 Comments | Comment »

Comment

Nota: Seu email não será publicado.


A cópia do conteúdo ou imagens é totalmente permitida apenas se colocado a fonte com o link de nosso blog.     Copyright Oculos.blog.br © 2009 All rights reserved     by Daniella